Itens filtrados por data: dezembro 2017

 

1 colher de sobremesa de sal marinho
400ml de água morna
450ml de farinha de trigo integral e 450ml de farinha branca misturadas previamente
1 colher de sobremesa de Fermipam,(ou outro fermento para pão).
Misturar as farinhas com o fermento seco
Dissolver o sal na água numa tigela e aos poucos juntar à farinha, misturando bem.
Amassar bem até que ao carregarmos na massa com o dedo ela afunda e volta (esta massa é mais seca que os pães normais).
Descansar dentro duma caixa plástica, num lugar quente por cerca de 1,30h ou até dobrar de tamanho.
Amassar de novo para retirar os gases, colocar numa forma e colocar na panela de pressão com o fundo forrado com papel vegetal e untado com óleo.
Se for na panela de pressão normal, colocamos uma chapa difusora debaixo dela e aquecemo-la por 5m, se for na panela de pressão eléctrica coloca-se por 5mn no programa “manter quente”. Deixa-se a massa dobrar de novo de tamanho e então ligamos de novo em lume baixo por 50mn, se for na panela eléctrica colocamos no menu carne ou de sopa por 40mn (o menu bolo em geral não faz pressão, senão seria o mais indicado).
Para confirmar se está assado espetar um palito de dentes, se sair húmido é porque precisa de mais um tempo de calor.

Eu adoro pão na panela de pressão pois que fica adocicado, creio que a pressão ajud a extrair os açúcares complexos do trigo. 

Aliás eu adoro cozinhar na pressão pois que ela concentra os sabores dos alimentos e lhes dá mais energia, mais Vitalidade.

Se tiverem dúvidas contactem-me
Bom e Vitalizante Apetite
Palucha

Publicado em Acompanhamentos
terça, 12 December 2017 09:53

Queimaduras


De uma maneira geral, as queimaduras podem ser causadas por: chamas, sólidos ou líquidos, altas temperaturas, vapor ou produtos químicos.
É primordial a educação e prevenção em relação a este tipo de perigo. Acima de tudo em relação às crianças, ainda existem muitos acidentes domésticos com crianças que podem ser evitados.


No caso de queimadura deixo-vos 3 dicas:


Cataplasma de miso
Espalhar o miso sobre um pano fino de algodão de maneira a cobrir toda a parte afetada. Colocar directamente na pele, trocando 1 a 2 vezes por dia.  saiba mais sobre o miso aqui


Cataplasma de tofu
Esprema o Tofu se este tiver muita água e esmague-o num almofariz.
Junte uma pitada de gengibre fresco ralado (opcional) e farinha suficiente para ligar (10-15%).
Coloque este emplastro com uma espessura de cerca de 1 cm numa gaze ou pano de algodão e aplique directamente sobre a pele durante um máximo de 2 horas. Depois troque por outro.


Cataplasma de Aloé 

Obtemos esta planta em forma de gel ou a planta (piteira).
Pode ser usado logo a seguir ao incidente se for uma queimadura leve, ou então a seguir a um cataplasma de miso ou de tofu, no caso de ser uma queimadura maus profunda. O Aloé regenera a pele, camada por camada, não deixando cicatriz. Colocar uma camada de gel com frequência de forma a que a pele esteja sempre a ser hidratada, ou então descascar uma folha de piteira e usar a polpa directamente na pele, com a ajuda de uma ligadura.                                                                                                                      Esta planta é a mais indicada para o caso de queimaduras solares, basta ir hidratando a pele com o gel ou ir passando a polpa da planta.

Boa e Vitalziante Vida

Fonte "Auto Cura Terapia" Tomio Kikuchi

                   

 

Publicado em Artigos
terça, 05 December 2017 10:31

Intoxicação provocada por gazes

 


O primeiro socorro que podemos ter na vida é precisamente estarmos alerta para que isso não nos aconteça, esta sim é a melhor prevenção que pudemos ter na vida: evitar adoecer.


Mas se acontecer, a primeira coisa é tentar sair do local em questão, procurar ar fresco, ou frio, o frio é muito bom para despertarmos, o frio é vitalizante (vivermos em lugares quentes, sobretudo ou aquecidos artificialmente, enfraquece-nos imenso) devemos inspirar profundamente e expirar ainda mais. Ou então inspirar profundamente e expirar de boca aberta e língua bem para fora. Em último caso a respiração artificial.


Se a pessoa vomitar, é bom, ajuda a limpar o corpo e a clarear a mente.
No caso da pessoa desmaiar, ficar sufocada deve-se colocar 1 toalha fria na testa e aquecer os pés com uma compressa de água quente ou massajar pés e mãos. Massagem ao longo da coluna também ajuda a despertar.
Outra alternativa é fazer automassagem o chamado "Do In": em que percorremos o corpo todo com palmadinhas de cima a abaixo, de baixo a cima repetidamente. Bater o pé no chão também ajuda a enraizar, sim porque nestas situações parece que a cabeça está a ausentar-se.


Para desintoxicar o nabo é muito bom, neste caso o caldo de nabo:
Ralar o nabo e espremer a quantidade de nabo suficiente para obter meio copo de sumo. Deve ser tomado puro.
Em seguida devemos tomar chá 3 anos com vinagre de umeboshi.
Nos dias que se seguem à intoxicação:
É importante termos uma alimentação simples, de preferência papa de arroz integral, arroz integral cozido e alguns legumes. O Inhame é muito bom, também limpa o organismo.
O exercício físico, e exercícios respiratórios são muito bons para continuar a desintoxicação e recuperar o organismo.
Estas estratégias servem para outro tipo de intoxicações que tenham sintomas semelhantes de principio de desfalecimento, tonturas, sensação de ausência com de álcool.

Boa e Vitalziante Vida

Fonte "Auto Cura Terapia" Tomio Kikuchi

Publicado em Artigos

Evento

  • Conversa Aberta Malveira
    Conversa Aberta Malveira Amigos Vitalizantes Nada melhor para começar este novo ciclo de vida (mais um Outono e mais um Inverno) que novos espaços para divulgar a Culinária Vitalizante e Educativa.Por isso, vos convido para o novo projeto…
Portuguese English French Spanish

Newsletter