Resultados da pesquisa por: algas
terça, 28 March 2017 10:04

Informações sobre o ágar-ágar

 O Agar-agar é uma gelatina extraída de alguns géneros de algas marinhas vermelhas contêm em suas células.
Sendo uma alga, é muito mais saudável que as gelatinas tradicionais que são feitas do sebo do boi, para além dos corantes, aromatizantes e conservantes que possui.
Quais os benefícios do uso do ágar-ágar na alimentação
É riquíssima em fibras e absorve até 3 vezes seu volume em água, quando ingerido. Mas, não é alimento, não tem quase nada de calorias porém, gera sensação de saciedade sem prejudicar o organismo e auxilia no processo de evacuação pois tem efeito laxativo – bom para perder peso.
Mas, também é importante o seu teor de iodo (I) que nosso organismo necessita para manter o correto funcionamento da tireoide.

faz pratos firmes, gelatinas salgadas, mousses, terrines e pudins e outros semelhantes, muito usado por culinárias do mundo todo e integrante de vários compostos na indústria alimentar
https://www.greenme.com.br/usos-beneficios/3372-agar-agar-propriedades-receitas

 

Publicado em Artigos
terça, 21 February 2017 10:07

Sopa de miso com tofu e alga Wakame

Recordo que ao contrário do que se pensa, as algas marinhas são as principais responsáveis pela produção de oxigénio no planeta, o verdadeiro pulmão da Terra .
As algas marinhas fazem muito mais fotossíntese do que as árvores do planeta. Levando em conta toda a população de algas dos oceanos, temos muito mais oxigénio vindo do mar do que gás produzido pelas florestas. Saiba mais aqui As maravilhosas algas marinhas

Deixo-vos duas receitas com Algas:


1 - Sopa de missô de tofu e alga wakame

200gr de tofu em cubos de 1cm
1 colher de sopa de alga wakame
4 colheres de sopa de cebolinho ou salsa picados
1 litro de água
missô qb
Demolhar a alga, corta-la em tiras e colocá-la na panela com a água que já se encontra ao lume.
colocar as algas e o tofu na água.
Depois que a água ferver e o tofu subir junta-se o miso previamente dissolvido num pouco de caldo da sopa.
tampar e esperar um pouco antes de servir.
As ervas aromáticas colocam-se ao servir, na tigela da sopa.


2 - A alga nori que se usa tanto no famoso suchi pode ser moída e servida em sopa, saladas, etc, tem muitos sais minerais.

Publicado em Sopa
terça, 14 February 2017 10:23

As Maravilhosas Algas Marinhas

Ao contrário do que se pensa, as algas marinhas são as principais responsáveis pela produção de oxigénio no planeta, o verdadeiro pulmão da Terra .
As algas marinhas fazem muito mais fotossíntese do que as árvores do planeta. Levando em conta toda a população de algas dos oceanos, temos muito mais oxigénio vindo do mar do que gás produzido pelas florestas.
Segundo Francisco Varatojo, as algas são literalmente vegetais marinhos (da mesma forma que as cenouras ou os brócolos são vegetais terrestres) e são utilizadas há séculos na alimentação por povos como os chineses, japoneses, escoceses, irlandeses, islandeses, escandinavos, alemães, assim como pelos índios da América Latina que as utilizavam como medicamento para diferentes males.
As algas são muito ricas em minerais, particularmente cálcio (são muito mais ricas em cálcio do que os produtos lácteos) e em oligoelementos como cobre, zinco, estrôncio, cobalto, níquel, molibdénio, chumbo, estanho, vanádio, bromo, prata, crómio, bário, lítio, bismuto; o seu teor em proteínas é também bastante elevado assim como o teor em hidratos de carbono e vitaminas, possuindo algumas das algas quantidades assinaláveis de vitamina B12 que geralmente se considera só existir em produtos animais.
As mais utilizadas são:
Wakame - de sabor suave, as wakame são principalmente utilizadas em sopas ou confeccionadas em conjunto com os vegetais. Deve demolhá-las durante cerca de 20 minutos e o tempo de confecção é de 15, 20 minutos.
Kombu - excelentes para cozinhar em conjunto com as leguminosas (tornam-nas muito mais macias e digeríveis, evitando a formação de gases intestinais) ou com os vegetais devem também ser demolhadas e demoram mais tempo a cozinhar do que as wakame (30 a 45 minutos ou mais).
Nori - muito em moda actualmente, uma vez que é com esta alga que se faz o famoso sushi, a nori prepara-se tostando-a rapidamente na chama do fogão. Pode comê-la directamente (tem um sabor agradável a peixe) ou parti-la aos pedaços e salpicar sobre a sopa, vegetais ou feijões.
Aramé - alga muito fina que se cozinha com os vegetais, excelente para os órgãos reprodutores femininos (mas também boa para os homens); deve demolhar cerca de 15 minutos e cozinha durante mais ou menos meia hora (ou mais).
Hiziki - textura semelhante à aramé, mas mais espessa e com um sabor a mar mais forte, a alga hiziki tem uma quantidade enorme de cálcio (ver tabela); cozinha como a aramé.
Agar-agar - em flocos ou barra, a agar-agar prepara fantásticas gelatinas de fruta ou de vegetais; excelente para obstipação e para ajudar a perder peso; deve demolhá-la poucos minutos e cozinhar até que a alga se dissolva; deixe depois solidificar e obtém uma gelatina excelente.


Fontes: http://www.sitedecuriosidades.com/curiosidade/coral-e-algas-marinhas-vs-arvores-quem-produz-mais-oxigenio.htmlquem-produz-mais-oxigenio.html
E http://www.institutomacrobiotico.com/pt-pt/imp/artigos/alimentacao/algas

Publicado em Artigos
terça, 31 January 2017 09:43

Benefícios do Miso

 

O miso é uma pasta de soja fermentada, muito utilizada na culinária japonesa. Sua origem é dividida entre a China e a Península Coreana, e há mais de uma teoria a respeito das modificações sofridas por esse alimento ao longo do tempo.

Médicos e cientistas japoneses, há algum tempo, consideram a possibilidade de utilizar um alimento fermentando feito à base de soja e sal - “miso” como efectivo agente preventivo de doenças causadas pelas radiações. Em 1945, quando a bomba atómica foi atirada sobre Nagasaki, o hospital do Dr. Shinichiro, localizado a apenas uma milha do epicentro da explosão – ficou em ruínas. Felizmente, ele, suas enfermeiras e co ajudantes não estavam no prédio e não foram atingidos. Durante os dois anos seguintes o Dr. Shinichiro e a sua equipa trabalharam diariamente, em contacto íntimo com as vítimas do bombardeio em várias áreas de Nagasaki, pesadamente danificadas e com altos índices de radioactividade.

Apesar disso, nem ele nem seus ajudantes sofreram os efeitos normais, previstos e esperados da radioactividade e começou a fazer alguns estudos sobre os alimentos que consumia tais como o miso, as algas e o tofu.

Em 1972, alguns cientistas japoneses trabalhando em pesquisas agrícolas, descobriram uma substância no “miso”, que denominaram Zybicolin. Produzido pelo “miso” e pela fermentação natural. Zybicolin tem a capacidade de atrair, absorver e descarregar elementos radioativos – como o estrôncio do corpo humano. Esta pesquisa foi estimulada pelos escritos do Dr. Sinichiro e a descoberta recebeu ampla publicidade de primeira página em todos os maiores jornais do Japão.

Existe um ditado sobre o missô que diz: “isha ni okane o harau yorimo, missoya ni harae” (do que pagar dinheiro a um médico, pague ao fabricante/vendedor de missô). Isso demonstra o grande valor nutritivo desse alimento. Uma colher de sopa de missô (19 g), contém cerca de 30 kcal, 2 g de carboidratos e proteínas e cerca de 15 mg de cálcio. Estão presentes também as vitaminas B2, B12 e E e enzimas que auxiliam na digestão, além de todos os nutrientes inerentes à soja.

Efeitos benéficos : Prevenção do câncer do estômago e de doenças gástricas, prevenção do envelhecimento, aceleração do metabolismo, eliminação das toxinas encontradas no corpo e protecção contra os males do cigarro e poluição do ar.

Encotra uma receita de sopa de miso aqui Sopa de Miso

Bom e Vitalizante Apetite

Paula Perdigão

Fonte: http://www.nippo.com.br/

Publicado em Artigos

Evento

  • Conversa Aberta Malveira
    Conversa Aberta Malveira Amigos Vitalizantes Nada melhor para começar este novo ciclo de vida (mais um Outono e mais um Inverno) que novos espaços para divulgar a Culinária Vitalizante e Educativa.Por isso, vos convido para o novo projeto…
Portuguese English French Spanish

Newsletter