Andava eu nas minhas comprinhas quando de repente, numa loja de produtos naturais, cujo nome não direi porque não fui paga para lhes fazer publicidade, tive, pensei eu, uma miragem: Bardanaaaaaaaa?

Não, não era uma miragem, talvez mais um milagre!

Sim, um milagre pois que esta raíz maravilhosa raramente se encontra no mercado, muito menos numa loja de produtos naturais em Torres Vedras.

Costumava encontra-la, de vez em quando, em mercearias chinesas, e às vezes também em lojas Bio em Lisboa.

Eu conheci e deliciei-me muito com esta raiz, quando morava no Brasil na escola Macrobiótica “Princípio Único”, mas ao regressar à santa terrinha só a fui provar de novo quase 15 anos depois… Vocês nem imaginam as saudades que eu tinha da bardana!

Mas o que tem demais esta dita bardana?

A raiz de bardana é um tubérculo subterrâneo delicioso e muito Vitalizante.

A sua fama vem de muito tempo: os gregos a utilizavam como medicamento, e na Idade Média era incluída em várias formulações destinadas à cura. Algumas referências sugerem que o seu nome científico Arctium lappa deriva do grego "arctos" (urso) e "lambanô" (eu tomo), em alusão ao aspecto peludo que apresenta.

As suas raízes e folhas são alimentícias e medicinais.

Algumas propriedades desta maravilhosa raíz:

- antioxidantes, preventivos de doenças e propriedades promotoras da saúde.

- muito baixa em calorias; fornecer cerca de 72 calorias por 100 g.

A raíz de bardana é uma boa fonte de polissacarídeos não amiláceos, como inulina, glucósido-Lappin, mucilagem, etc., que ajudam a atuar como um laxante.

Além disso, a inulina atua como prebiótica e ajuda a reduzir o peso corporal e os níveis de açúcar no sangue e colesterol no sangue.

- Boa fonte de potássio. A raiz de bardana contém especialmente quantidades adequadas de potássio eletrolítico (308mg ou 6,5% dos níveis diários requeridos por 100 g de raiz) e baixa em sódio.

O potássio é um componente importante dos fluidos celulares e corporais que ajuda a controlar a freqüência cardíaca e a pressão arterial.

- Vitaminas. Esta erva contém pequenas quantidades de vitaminas vitais, incluindo ácido fólico, riboflavina, piridoxina, niacina, vitamina E e vitamina C que são essenciais para a saúde ideal.

Tanto a vitamina C quanto a E são poderosos antioxidantes naturais que ajudam o corpo humano a evitar infecções, câncer e condições neurológicas.

Além disso, ele também contém alguns minerais valiosos, como ferro, manganês, magnésio; e pequenas quantidades de zinco, cálcio, selênio e fósforo.

A raíz bardana e caule, além de seu uso como vegetal, tem estimulante do apetite e são um bom remédio para queixas de gás e indigestão (dispépticas).

No Japão, a sua sopa é defendida para prevenir câncer, curar diabetes, baixar a pressão sanguínea e superar a ressaca.

Eu gosto muito de fazer kimpira (corte em palitos), em pedaço cortados na diagonal cozinhados na panela de pressão, em risotos, etc

Bom e Vitalizante Apetite

Fontes:http://formasaudavel.com.br

Para muitos a panela de pressão é ainda um bicho papão.

Mas não há razão nenhuma para isso. Primeiro porque, como tudo na vida, é preciso saber usá-las e depois os modelos atuais primam em segurança, alguns até com várias válvulas de escape.

Mas porquê cozinhar na panela de pressão?

- É mais rápido

- Os alimentos ficam mais saborosos, adocicados

- É mais energético-Vitalizante

Como funciona uma panela de pressão?

Basicamente, a panela de pressão retém os líquidos e gases quentes em seu interior, aumentando a pressão interna e fazendo com que os alimentos cozinhem mais rápido porque temperatura dentro da peça ultrapassa a temperatura de ebulição (100ºC).

O vapor húmido que fica ‘preso’ dentro da panela de pressão exerce um cozimento contínuo dos ingredientes a partir do centro até as extremidades da panela e assim cozinha qualquer tipo de alimento até três vezes mais rápido. É muito importante que a borracha que realiza a vedação da panela bem como a válvula de segurança central, estejam em perfeito estado, porque são estes elementos que controlam a pressão dentro da panela.

Caso a válvula de segurança seja obstruída durante o processo de cozimento, existe uma válvula secundária que libera a saída de vapor da panela de pressão. Tudo para não comprometer a segurança de quem cozinha, além, claro, de evitar danos materiais.

A Panela de pressão em aço inox é muito mais saudável do que as de alumínio. Os alimentos preparados em panelas de alumínio podem absorver metais durante o cozimento e afetar a saúde.

Panela de pressão elétrica

As panelas de pressão elétricas são uma novidade no mercado. Muito mais seguras e resistentes que as panelas convencionais, estas peças ainda contam com função timer que não permite que o alimento cozinhe mais do que o necessário. Também pode programar a hora que quer iniciar o cozimento. É ótima para cozinhar em locais sem gaz. Mas advirto que cozinhar com gaz, energeticamente, é mais saudável, do que com energia elétrica.

Limpeza – segurança:

As panelas de pressão necessitam de uma limpeza especial, justamente porque a válvula precisa estar sempre livre para a saída de vapor. Com a ajuda de um clip, faça a limpeza do pequeno orifício regularmente.

As borrachas também devem ser retiradas da tampa e bem lavadas. Quando elas ressecam e perdem a sua elasticidade, devem ser trocadas.

- Atenção ao nível de água: Muitas panelas possuem uma linha que delimita a quantidade de água. Se a sua não tem, dois terços de água já são mais do que suficientes para o cozimento. Se passar este limite a válvula pode entupir ou derramar liquido.

.

Últimas Dicas

O seu tempo de cozimento só começa a ser contado depois que a panela “pega” pressão (que é quando ela começa a sair vapor da válvula).

Nunca deixar a panela de pressão por muito tempo ao lume e evite afastar-se da cozinha enquanto ela estiver ao lume.

Se a panela começar a soltar vapor pela borracha, desligar o lume, abrir a panela, retirar a borracha e coloca-la de novo, com cuidado para não se queimar e voltar a coloca-la na panela e ligar o lume de novo.

Nunca tentar abrir a panela enquanto ela tem pressão.

Para certificar-se de que toda a pressão saiu, levantar levemente a válvula com um talher.

Mais informações 963624649

Esta é uma pizza super deliciosa e Vitalizante, a favorita dos meus clientes pois que a sua massa é feita de arroz integral cozido.

É uma massa que para além de não ter gluten, é feita de cereal inteiro (não de farinha) e não tem fermento.

Esta modalidade de massa faz toda a diferença pois é mais digestiva, não provoca inchaço na barriga, nem gases.

Para além disso, todo o alimento produzido a partir de cerais intereiros como o grão de arroz, têm muito mais energia, é muito mais Vitalizante.

Deixo-vos o link desta receita que é resultado da fantástica parceria com o projecto  "Vida Macro", um projeto macromaravilhoso de António Bardot:  Pizza sem Gluten


Água, farinha integral, o mínimo de fermento, bem amassado, 24 horas de fermentação e muito amor. São estes os ingredientes básicos do Pão Vitalizante.
Um aroma inebriante, uma massa com consistência, um sabor marcante e uma digestão bem mais fácil, são alguns dos benefícios desse pão.
Mais especificamente posso vos dizer que o Pão Vitalizante melhora o funcionamento do intestino: equilibra a flora intestinal, aumenta o número de bactérias benéficas e fornece nutrientes essenciais.
Sendo um pão de cereais integrais – hidratos de carbono complexos - e de fermentação longa, o desdobramento dos açúcares é mais lento, há um menor índice glicémico o que nos vai dando uma energia gradual, uma saciedade mais prolongada e que nos beneficia até na nossa estabilidade emocional.
Recordo que, ao contrário das farinhas refinadas, as integrais fornecem hidratos de carbono complexos, criam um fornecimento constante de “bom” açúcar na corrente sanguínea. A fibra presente nos alimentos ajuda a baixar o colesterol, regula os níveis de glicose (açúcar) no sangue.

No caso do glúten, este é pré-digerido pelas bactérias, aumentando assim a sua tolerância pelo organismo.

Este pão dura vários dias, mas com o tempo pode ficar um pouco seco, é aconselhável consumi-lo em 3 ou 4 dias.
Dicas:
- fatiar o pão e aquecer ao vapor por 5mn, aproximadamente
- Congelar fatiado (dura meses) e simplesmente deixá-lo descongelar naturalmente ou aquecer na torradeira ou ao vapor.

Recordo que o Pão Vitalizante é assado todas as 5ª feiras e que é vendido só sob encomendas até 4ª feira às 19h - 963624649

Bom e Vitalizante Apetite

 

 

1 colher de sobremesa de sal marinho
400ml de água morna
450ml de farinha de trigo integral e 450ml de farinha branca misturadas previamente
1 colher de sobremesa de Fermipam,(ou outro fermento para pão).
Misturar as farinhas com o fermento seco
Dissolver o sal na água numa tigela e aos poucos juntar à farinha, misturando bem.
Amassar bem até que ao carregarmos na massa com o dedo ela afunda e volta (esta massa é mais seca que os pães normais).
Descansar dentro duma caixa plástica, num lugar quente por cerca de 1,30h ou até dobrar de tamanho.
Amassar de novo para retirar os gases, colocar numa forma e colocar na panela de pressão com o fundo forrado com papel vegetal e untado com óleo.
Se for na panela de pressão normal, colocamos uma chapa difusora debaixo dela e aquecemo-la por 5m, se for na panela de pressão eléctrica coloca-se por 5mn no programa “manter quente”. Deixa-se a massa dobrar de novo de tamanho e então ligamos de novo em lume baixo por 50mn, se for na panela eléctrica colocamos no menu carne ou de sopa por 40mn (o menu bolo em geral não faz pressão, senão seria o mais indicado).
Para confirmar se está assado espetar um palito de dentes, se sair húmido é porque precisa de mais um tempo de calor.

Eu adoro pão na panela de pressão pois que fica adocicado, creio que a pressão ajud a extrair os açúcares complexos do trigo. 

Aliás eu adoro cozinhar na pressão pois que ela concentra os sabores dos alimentos e lhes dá mais energia, mais Vitalidade.

Se tiverem dúvidas contactem-me
Bom e Vitalizante Apetite
Palucha


De uma maneira geral, as queimaduras podem ser causadas por: chamas, sólidos ou líquidos, altas temperaturas, vapor ou produtos químicos.
É primordial a educação e prevenção em relação a este tipo de perigo. Acima de tudo em relação às crianças, ainda existem muitos acidentes domésticos com crianças que podem ser evitados.


No caso de queimadura deixo-vos 3 dicas:


Cataplasma de miso
Espalhar o miso sobre um pano fino de algodão de maneira a cobrir toda a parte afetada. Colocar directamente na pele, trocando 1 a 2 vezes por dia.  saiba mais sobre o miso aqui


Cataplasma de tofu
Esprema o Tofu se este tiver muita água e esmague-o num almofariz.
Junte uma pitada de gengibre fresco ralado (opcional) e farinha suficiente para ligar (10-15%).
Coloque este emplastro com uma espessura de cerca de 1 cm numa gaze ou pano de algodão e aplique directamente sobre a pele durante um máximo de 2 horas. Depois troque por outro.


Cataplasma de Aloé 

Obtemos esta planta em forma de gel ou a planta (piteira).
Pode ser usado logo a seguir ao incidente se for uma queimadura leve, ou então a seguir a um cataplasma de miso ou de tofu, no caso de ser uma queimadura maus profunda. O Aloé regenera a pele, camada por camada, não deixando cicatriz. Colocar uma camada de gel com frequência de forma a que a pele esteja sempre a ser hidratada, ou então descascar uma folha de piteira e usar a polpa directamente na pele, com a ajuda de uma ligadura.                                                                                                                      Esta planta é a mais indicada para o caso de queimaduras solares, basta ir hidratando a pele com o gel ou ir passando a polpa da planta.

Boa e Vitalziante Vida

Fonte "Auto Cura Terapia" Tomio Kikuchi

                   

 

 


O primeiro socorro que podemos ter na vida é precisamente estarmos alerta para que isso não nos aconteça, esta sim é a melhor prevenção que pudemos ter na vida: evitar adoecer.


Mas se acontecer, a primeira coisa é tentar sair do local em questão, procurar ar fresco, ou frio, o frio é muito bom para despertarmos, o frio é vitalizante (vivermos em lugares quentes, sobretudo ou aquecidos artificialmente, enfraquece-nos imenso) devemos inspirar profundamente e expirar ainda mais. Ou então inspirar profundamente e expirar de boca aberta e língua bem para fora. Em último caso a respiração artificial.


Se a pessoa vomitar, é bom, ajuda a limpar o corpo e a clarear a mente.
No caso da pessoa desmaiar, ficar sufocada deve-se colocar 1 toalha fria na testa e aquecer os pés com uma compressa de água quente ou massajar pés e mãos. Massagem ao longo da coluna também ajuda a despertar.
Outra alternativa é fazer automassagem o chamado "Do In": em que percorremos o corpo todo com palmadinhas de cima a abaixo, de baixo a cima repetidamente. Bater o pé no chão também ajuda a enraizar, sim porque nestas situações parece que a cabeça está a ausentar-se.


Para desintoxicar o nabo é muito bom, neste caso o caldo de nabo:
Ralar o nabo e espremer a quantidade de nabo suficiente para obter meio copo de sumo. Deve ser tomado puro.
Em seguida devemos tomar chá 3 anos com vinagre de umeboshi.
Nos dias que se seguem à intoxicação:
É importante termos uma alimentação simples, de preferência papa de arroz integral, arroz integral cozido e alguns legumes. O Inhame é muito bom, também limpa o organismo.
O exercício físico, e exercícios respiratórios são muito bons para continuar a desintoxicação e recuperar o organismo.
Estas estratégias servem para outro tipo de intoxicações que tenham sintomas semelhantes de principio de desfalecimento, tonturas, sensação de ausência com de álcool.

Boa e Vitalziante Vida

Fonte "Auto Cura Terapia" Tomio Kikuchi

 

Vivemos na era das alergias! Até parece ser uma moda!

As alergias são um dos problemas de saúde que mais tem aumentado desde a 2ª Guerra Mundial, em especial nos países industrializados e especialmente em crianças.

A variedade de alergias é incrível e aumenta a cada dia. Existem pessoas tão sensíveis que, factores normais do dia-a-dia, como um simples pólen das flores, podem desencadear crises alérgicas assustadoras.

E como o nosso corpo é um só, estas intolerâncias manifestam-se também através das emoções, afectando a nossa capacidade de nos adaptarmos ao mundo em que vivemos, como a falta de dificuldade de aceitarmos e de escutarmos o outro.

O tratamento usual às alergias é, evitar as substâncias alergénicas e o uso de medicamentos como anti-histamínicos ou corticoesteróides (cortisona).

No entanto, este tipo de tratamento, não resolve verdadeiramente o problema, só elimina  os sintomas, ou seja abafa o alarme, mas o fogo continua lá, cada vez mais forte.

Quais são então os verdadeiros causadores de alergias e enfraquecedores da nossa imunidade?

1. Uma alimentação com grandes quantidades de açúcar, produtos lácteos, alimentos refinados, solanáceas (tomates, batatas, beringelas), alimentos de origem tropical, "fast food".

2. Vida sedentária – cada vez nos movimentamos menos.  

3. Factores ambientais - a exposição regular a campos electromagnéticos como os emitidos pelos telemóveis, computadores, televisões, fotocopiadoras, aparelhos de ar condicionado, tende também a enfraquecer o sistema imunitário.

4. Uso abusivo de medicamentos pois que estes enfraquecem a nossa imunidade  Os medicamentos devem ser utilizados só quando realmente necessários e recomendados por um médico.

Pois que na verdade, os sintomas alérgicos são uma reacção exagerada do sistema imunitário, é como que uma atitude desesperada do corpo! Ele está a gritar, a pedir a nossa atenção!

Então como podemos tratar de forma efectiva as alergias?

Muito simplesmente através do fortalecimento da nossa imunidade. Desta forma, o organismo  adapta-se melhor ao meio ambiente envolvente.

Algumas sugestões

Limitar o seu uso ao estritamente necessário de aparelhos electrónicos. Usar plantas verdes em casa e no escritório, que ajudam a minimizar o efeito maléfico dos aparelhos eléctricos e electrónicos e a purificar o ar. Dê também preferência a materiais naturais para a casa e no vestuário, como por exemplo madeira, algodão , papel, linho, etc., evitando materiais e tecidos sintéticos.

- Consumir cereais integrais, vegetais, feijões, elaborados de forma correcta.

Consumir todos os dias uma boa quantidade de vegetais verdes de rama como rama de nabo, nabiças, couve portuguesa, alho francês, etc. escaldados ou refogados com óleo de qualidade.

- Fazer actividade física semanalmente (yoga, biodanza, pilatos, shikung, taichi, caminhar)

A actividade física regular é essencial para que o sistema linfático se mova e renove, e muitas das alergias melhoram substancialmente quando as pessoas começam a ser mais activas fisicamente.

- Trabalhar bem a sua respiração, prestar atenção a ela, respirar bem o ar da manhã

- Fricionar todas as manhãs o corpo com uma toalha quente e húmida,  é um excelente tratamento para as alergias. Ao esfregar o corpo, a circulação sanguínea melhora e é activada, a circulação linfática é acelerada, os poros da pele abrem, ajudando o organismo a eliminar as toxinas através da pele, e estimula os meridianos de energia utilizados na acupunctura.

- Caldo de vegetais doces

As alergias estão frequentemente associadas a hipoglicemia (níveis baixos de açúcar) ou a níveis de açúcar instáveis. Se sofre de alergias tente beber todos os dias ou frequentemente uma chávena deste caldo.

- Sopa de Miso restaura a flora intestinal, tem probióticos, desintoxica o corpo

Fonte- Francisco Varatojos Instituto Macrobiótico de Portugal

Amigos Vitalizantes
Nada melhor para começar este novo ciclo de vida (mais um Outono e mais um Inverno) que novos espaços para divulgar a Culinária Vitalizante e Educativa.
Por isso, vos convido para o novo projeto de Conversas Abertas, aulas de Culinária e Orientações Alimentares noEspaço Zen & Terapias  na Malveira.
A primeira Conversa Aberta com o título "Porquê uma alimentação vitalizante e Educativa" será já dia 23 de Setembro, sábado, ás 16.00h
Haverá também prova de alimentos vitalizantes e Educativos.
Entrada gratuita.
Contamos com a vossa presença
Inscrevam-se Paula Perdigão 96 36 24 649
Partilhem!

Abraços Vitalizantes

A cherovia ou pastinaca (Pastinaca sativa) é uma raiz da família das cenouras, e ambas são naturais da Eurásia e fazem parte da alimentação humana desde os tempos dos gregos e dos romanos. Antes da introdução da batata em Portugal, a pastinaca era o tubérculo de eleição à mesa dos portugueses, mas com o aumento do consumo da batata, foi ficando cada vez mais esquecida.
O seu aroma anisado e o seu sabor doce são únicos. Com um sabor entre uma cenoura e um nabo super doces, a pastinaca tem ainda um ligeiro sabor a noz e a avelãs. O seu cheiro é muito fresco e anisado como se fosse uma mistura entre a hortelã e a estrela de anis.

As patinacas são uma excelente fonte de fibra solúvel e são ricas em anti-oxidantes pois contêm vitamina C, vitamina K e vitamina E. As pastinacas ainda contêm ácido fólico, potássio, e manganês, tornando-as numa óptima opção de hidratos de carbono saudáveis.

Puré de Pastinaca e cenoura
300 g de cenoura, descascada e picada grosseiramente às rodelas de 2cm
300 g de pastinaca (cherivia), descascada e picada grosseiramente às rodelas de 2cm
3 colheres de sopa de azeite
1 pitada de noz-moscada em pó
Sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto
Estes legumes de preferência, são cozinhados com casca, apenas escovados e retiradas as pontas e algumas imperfeições.
Aquecer uma panela, colocar-lhe 1 colher de sopa de azeite e espalhar o azeite pela mesma.
Colocar a cherovia e mexer durante alguns segundos para a envolver no óleo e para ela soltar um pouco do seu aroma, arrumá-la na panela de forma a formar uma camada e colocar por cima a camada da cenoura e 1 pitada de sal. Esta pitada de sal vai puxar o doce e a água dos legumes, não tempera.
Quando estiver 80% cozidos, misturar e temperar com shoyu (molho de soja), o resto do azeite, a pimenta e a noz-moscada, deixar cozinhar até ficarem bem macios.
Triturar com a varinha mágica, apurar mais um pouco, confirmar o tempero se está ao seu agrado e está pronto a servir.
Dicas Dê preferência a produtos BIOLÓGICOS
Estas receitas são só uma luz do que pode aprender nas aulas de culinária Vitalizante e Educativa
BOM E VITALZIANTE APETITE
Paula Perdigão

Pág. 1 de 12

Evento

  • Conversa Aberta Malveira
    Conversa Aberta Malveira Amigos Vitalizantes Nada melhor para começar este novo ciclo de vida (mais um Outono e mais um Inverno) que novos espaços para divulgar a Culinária Vitalizante e Educativa.Por isso, vos convido para o novo projeto…
Portuguese English French Spanish

Newsletter