quarta, 12 August 2015 22:48

Cozinhar legumes ao vapor é bom ou mau?

Escrito por 
Classifique este item
(0 votos)


Muitas pessoas me falam encantadas que cozinham os legumes ao vapor, eu torço o nariz e perguntam-me o que penso.
Na minha opinião e pelo que estudei, os legumes cozinhados devem ser potenciados pela energia do fogo (gaz, lenha) que os torna mais assimiláveis, mais digestivos ou seja, devem ficar saborosos, com cor viva e no mínimo crocantes, ou mais macios, mas nunca espapaçados, nem murchos, nem descoloridos – sinónimo que perderam a sua energia vital.
Então qual a melhor forma de cozinhar legumes?
Escaldar
É um bom método, sobretudo para verduras – uma panela com água a ferver, com uma colher de sobremesa de sal, cozinhar com a panela destapada. Quando estiver no ponto retirar e colocar sobre um escorredor ou uma peneira de verga para arejar, parar o cozimento e manter a cor.
Refogar
Este método pode levar um ou mais variedades de legumes, exemplo nabo e cenoura.
Cortar os legumes em pedaços de igual tamanho, aquecer a panela em lume médio (de preferência de inox ou de ferro) colocar uma colher de sopa de óleo, com ela quente, o óleo dilata com mais facilidade, colocar o nabo mexendo-o um pouco para que se envolva na gordura.
Colocar a cenoura como uma camada por cima do nabo, colocar uma pitada de sal, tapar a panela, baixar o lume para o mínimo e deixar cozinhar. Por quanto tempo? É muito relativo, há que ficar atenta e quando estiver 80% cozido, pode-se temperar com shoyu (molho de soja) e deixar apurar até estar no ponto.
Devemos evitar abrir constantemente a panela para ver se já está pronto, com o decorrer da vossa experiência aprenderão a calcular o tempo de cozedura e até pelo aroma que o refogado soltar.

Ler 683 vezes Modificado em quarta, 12 August 2015 18:59
Paula Perdigão

Vitalizante - aproveitar a energia dos alimentos
Educativa - aprender a adaptar-se ao dia a dia

Através deste Site pretendo divulgar o meu trabalho de 25 anos em que estudo e divulgo não só uma alimentação mas também, e consequentemente, um estilo de vida vitalizantes e educativos.
Mais do que receitas pretendo partilhar dicas, estratégias e claro, pretendo divulgar as minhas aulas de culinária e a boa comidinha que faço para fora.

Login para post comentários
Portuguese English French Spanish

Newsletter